terça-feira, 6 de março de 2012

Um livro especial na minha estante


Como reagiriam se um dos vossos escritores dilectos [gosto muito desta palavra] vos decidisse presentear com uma primeira edição de um dos seus livros? Quando ontem ao final da tarde abri a encomenda que exteriormente aparentava ter um livro no interior, pensei que fosse uma outra encomenda de que estou à espera, pois vinha sem o nome do remetente. Ao tirar o livro de dentro do envelope almofadado, reconheci de imediato a obra em questão, pois conheço todas as capas, e lá estava o nome do autor ao cimo. Ainda assim não pensei na hipótese de ter sido o próprio autor a enviar-me o livro. Por isso procurei aquilo que afinal encontrei: uma dedicatória e um bilhete. A surpresa foi vir assinado... pelo autor! 

É uma primeira edição numa língua que não conheço [se vos apraz saber, sou perfeitamente capaz de ler em português, inglês, castelhano, e francês - por esta ordem] e por isso a recomendação: «Não é para ler, só para pôr na estante.» A estante seria o local óbvio para esconder esta preciosidade - na fila de trás passaria despercebido dos olhares indiscretos e aleivosos, prontos a deitar-lhe a mão - que talvez só existam na minha imaginação. Mas para isso seria preciso que a criança que há em mim conseguisse continuar a acreditar na sua existência quando o objecto estimado não está ao alcance da suas mãos e da sua visão. Não sei como é que farei, mas sei que o hei-de ler. Tenho que ir à fila dos dicionários ver se tenho lá algum que sirva, mas tenho ideia que não. Entretanto, já consegui ler os nomes das personagens!

Agora estou aqui há quase 24h com o pensamento enrodilhado nisto: como é que posso agradecer este gesto ao autor?

Obrigado!

Post Scriptum: Não revelo o título da obra, nem o nome do autor, porque não sei se o escritor o quer.

6 comentários :

  1. ora, mas não parece muito difícil adivinhar, até deste bastantes pistas, acho eu.

    um abraço e boa leitura quando dominares a língua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser que sim, que não seja difícil! Mas apostava que nem 1 em 1000 pessoas acertariam! Só que as pessoas que passam por aqui pelo blog são obviamente pessoas muito inteligentes...

      Eliminar
  2. Posso tentar adivinhar? O livro está escrito em neerlandês. :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, já te respondi por e-mail. Não vou dizer se sim se não... Pode ser que mais alguém queira tentar a sua sorte, ou perspicácia...

      Eliminar
  3. Estou a zero.
    A não ser que seja em norueguês...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...