segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

memórias pequenas #3

A memória mais antiga que tenho têm galos chineses, ovelhas, e um rapaz mais velho da aldeia, que subia a rua minutos depois, o . O dia em que escapei à morte fatal que os galos chineses me quiseram infligir com as suas bicadas. Está aflito com os galos, disse-lhe a minha mãe. E estava, que os idiotas dos galos tentaram comer-me vivo quando quis atravessar o quintal para ir ver as ovelhas. Tchiii... com medo de galos!, caçoou de mim o rapaz. Como compensação por quase ter sido comido vivo pelo galos chineses, levou-me a dar um volta de cavalo. Ou seria um burro? Gosto de pensar que era um cavalo. Anda, cavalinho, anda! Dias depois cheguei aos quatro anos, e muito tempo passou até que conseguisse suportar e ultrapassar a fobia a galos e galinhas. Anda, cavalinho, anda!

2 comentários :

  1. Eu tenho fobia a galos e galinhas, e a patos e perus...
    Podias explicar-me o que são galos chineses?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São galos muito muito maus... Não faço ideia (ou melhor, se os vir sei) o que sejam... Só sei que era assim que se os chamávamos... Desde os meus sete anos que nunca mais vi galos chineses, seja lá isso o que fôr, e não tive saudade nenhuma dales... Abraço.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...