segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Ponto de Interrogação


Não imagino o que será a espectativa, a notícia que não chega, a dor infiltrada na esperança de encontrar uma resposta, algo que não sabemos ter ou não perdido, uma ausência de sinais, a espera desorientada de não saber o que se pensar ou dizer ou sentir, uma dor inconclusa exprimível apenas numa solitária pontuação: ?

Henrique Manuel Bento Fialho, no blog antologia do esquecimento.


Pois eu sei muito bem o que é isso, e não é nada agradável, nada mesmo nada. É uma interrogação a que falta uma exclamação - nem que não seja aquela que queremos ouvir. Outras vezes é uma interrogação que nos recusamos a fazer, exclamando o que queremos ouvir. É a paragem do tempo - e todos sabemos que o tempo não pára.

Imagem daqui.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...