quarta-feira, 29 de junho de 2011

Citação, 2



em portugal, são em maior número aqueles que escrevem poesia do que aqueles que a lêem. a escassez das publicações e a depauperação do número das tiragens de poesia reflectem isso mesmo. se exceptuarmos os contextos escolares, rareiam os leitores de poesia na mesma proporção em que esta é tida como particularmente apta para, enquanto linguagem, ser lugar de expressão da subjectividade individual.

(...) do post os autores, no blog contra mundum.

Poetas, que tal começarem a comprar uns livrinhos para ajudar a causa!? E será só a Poesia? E o Drama? E o Romance? E as Crónicas? E os Ensaios? Mas ainda há Leitores que saibam o que estão a ler? É que o que grassa por aí são pessoas que sabem juntar letras, sílabas, palavras, frases, parágrafos; que sabem ler a forma, mas, e o conteúdo?!

4 comentários :

  1. Não, não é só a poesia, mas principalmente a poesia; e o ensaio também (e aqui assumo a minha quota parte de culpa).

    ResponderEliminar
  2. Por acaso, ensaios também leio poucos... é que não há dinheiro para tudo...

    ResponderEliminar
  3. Leio algo de poesia - pouco, confesso - e ensaio, mas como a maioria dou prioridade ao relato e ao romance

    ResponderEliminar
  4. dedalusdedalus, tento ler um pouco de tudo. O que mais leio é poesia, e romance - em ambos os casos, são poucos os escritores contemporâneos que me despertam interesse... abraço

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...