sábado, 19 de dezembro de 2015

Feliz Natal, Boas Festas & etc

Chegou a hora de vos desejar um Feliz Natal, Boas Festas & etc - família, amigos, presentes, amor, carinho, afecto, aconchego, essas coisas - e eis-me perante o ecrã em branco, do editor do Blogger, e o teclado - tentando resistir a mais um texto depressivo: já vos disse que detestava esta época?

Já, já vos disse num post intitulado «Paz» (deixo o link para quem o queira ler por completo) que «Estes dias de Natal custam-me a passar (mais que os outros). E quando alguém se aproxima com caridadezinhas, solidariedadezecas, frasezonas, palavrinhas e palavrecas de discursozinhos, é isto que me apetece fazer: correr tudo à chapada e à paulada, à pedrada e à pauzada.»


Também já vos disse num outro, intitulado «Qualquer dia somos todos pedintes - perdão, mendigos...» (mais uma vez deixo o link, para quem queira) que «Li não sei onde, e não me recordo ipsis verbis, que, dizem os optimistas, qualquer dia somos todos pedintes. Logo contrapõem os pessimistas: - e vamos pedir a quem?» - é só parte de um post com uma imagem de um Pai Natal a remexer num contentor do lixo.

Num outro, com um título muito original «Não sei se este ano haverá Natal, contudo...» disse-vos que não sabia se haveria «(...) condições para haver Natal este ano, mas uma árvore assim, de livros novos (ou velhos, tanto faz) no meu sapatinho, seria o ideal. E uma máquina de escrever, daquelas que fazem barulho e tudo, e uma quinta no monte, que isto de fazer pedidos ao pai natal, se é para pedir, que seja para pedir logo tudo.» - sim, tinha uma imagem de uma árvore de Natal feita de livros.

Já nem peço livros - também, para quê, se não os leio? Olhem, um Feliz Natal, e desculpem lá se vos estrago a festa - nã, eu sei que não tenho tamanha importância. Sejam felizes - se puderem, se conseguirem, se tiverem as condições - ou até se não tiverem.

4 comentários :

  1. É melhor querer o monte na quinta porque a sua hipótese é como a do Otelo (que queria metê-los a todos no Campo Pequeno), não cabe.

    ualquer dia venho ler esses posts atrasados que têm a ver com a data.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por momentos pensei que fosse o Otelo do Shakespeare... :) Não sei se valem a pena, os posts, mas como diz o Pessoa... :P

      Eliminar
  2. Obrigada - eu alterno, entre o quase detestar e o procurar o espírito de Natal e consegui às vezes encontrá-lo - por isso vou desejar que este ano, tenhamos momentos com espírito de Natal.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já não suporto o Natal há vários anos :/ É tudo muito natalício, mas com pouca natalidade ^_^ Beijinho.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...