quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Chegou o meu exemplar de Charlie Hebdo: não dou, não empresto, nem vendo (asterisco)

Charlie Hebdo

(asterisco) Claro que estou - sempre - aberto a propostas indecentes: que poderei ou não aceitar. A alma vendo sempre (não tenho); o corpo, só se estiver interessado. Por qualquer milhão de euros (não importa a proveniência; pode - e deve - ser depositado em offshore, ou pago em notas), podemos negociar a posse deste exemplar. Fazia uma selfie com ele, se tivesse um espertofone xpto. Assim, a foto acima foi o melhor que arranjei.

Post-Scriptum: (Para os mais atrevidos): nem «deixo ver»!

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...