sábado, 9 de agosto de 2014

Servilismo...

Servilismo, servility, subservience,

A Portugal terei sempre um amor de criança inocente, as suas paisagens continuarão a emocionar-me como seres vivos e queridos.
A língua-mãe é uma das grandes alegrias da minha vida e o instrumento que me orgulho de tocar.
Mas, pudesse eu, despedia-me da sociedade portuguesa, que me envergonha pela podridão, pelo desprezo do semelhante, a falta de sentido cívico e social, a cobardia, o servilismo com que aceita a lama e chafurda nela.

J. Rentes de Carvalho, Confissão, no blog Tempo Contado.

Já devem saber que, por mim, citava todos os posts de J. Rentes de Carvalho, mesmo aqueles com que não concordo (o que é raro acontecer); porém isso já seria aproveitamento de textos alheios - há, contudo, por aí tantos blogs que só escrevem tretas e têm milhares de seguidores e de visitas diárias, que custa-me a entender que Tempo Contado não seja um dos blogs mais vistos da blogosfera - espero que seja, ao menos, um dos mais lidos. Em tão poucas palavras, tanto...

1 comentário :

  1. Na actual blogosfera, o "interesse" dos blogs é medido por fotos de rapazinhos, trocas mútuas de futilidades e pouco mais. Claro que há excepções mas são raras.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...