terça-feira, 13 de maio de 2014

Sorte...

Sorte, Trevo da Sorte


Ter sorte é, por definição, beneficiar de algo que é obra do acaso. Por isso dizer, como agora se usa, que "a sorte dá muito trabalho", é falacioso. A sorte não dá trabalho, cai-nos no colo. A sorte que se conquista não é sorte, é recompensa. Resulta da perseverança e da iniciativa e não de factores arbitrários.

Afirmar que a sorte dá trabalho é dizer aos azarados que além de azarados ainda têm culpa de ser azarados, mas também aplaudir quem teve a sorte de alcançar o que deseja sem esforço. É claro que esta confusão não é inocente e radica na ideologia da moda, a que promove o empreendedorismo, a "proactividade" e detesta gente piegas, dividindo sumariamente a sociedade em "falhados" e "bem sucedidos".

Teresa Ribeiro, texto completo no post Ter sorte não dá trabalho nenhum, do blog Delito de Opinião.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...