quinta-feira, 10 de abril de 2014

O antigo sapateiro que, com 179 anos, era a pessoa mais velha do mundo, mas que afinal já não é...

Sapateiro Indiano, Pessoa mais velha do mundo, homem mais velho do mundo
O antigo sapateiro indiano, com 179 anos de idade, afinal não é a pessoa mais velha do mundo. É verdade, era tudo mentira. E nem sequer era o dia das mentiras, porque para os jornalistas esse dia generalizou-se a todos os dias do ano - por este andar da carruagem ainda hão-de instaurar no dia 1 de Abril o Dia da Verdade. Quem é que se importa, afinal, com a verdade, quando se tem uma história tão boa. Para quê confirmar as fontes? 179 anos? Nem é assim tanto... Não acreditam? Alguns exemplos de pessoas bem mais velhas:


O antigo estudo da alquimia relaciona-se com a construção da pedra filosofal, uma substância lendária com poderes fabulosos. A pedra transforma qualquer metal em ouro puro. Produz também o elixir da vida que tornará imortal aquele que o beber.
Tem havido muitas referências à pedra filosofal ao longo dos séculos, mas a única que de facto existe pertence ao senhor Nicolas Flamel que festejou o ano passado o seu 665.º aniversário e que leva uma vida tranquila em Devon, com a sua mulher Perenelle, de 658 anos.

J. K. Rowling, Harry Potter e a Pedra Filosofal.

Ao todo, a vida de Adão foi de novecentos e trinta anos. Depois morreu. (Gn 5, 5.)

Ao todo, a vida de Enós foi de novecentos e doze anos; depois, morreu. (Gn 5, 8.)

Ao todo a vida de Cainan foi de novecentos e dez anos; depois, morreu. (Gn 5, 14.)

Ao todo, a vida de Mahalalel foi de oitocentos e noventa e cinco anos; depois morreu. (Gn 5, 17.)

Ao todo, a vida de Jered foi de novecentos e dois anos; depois morreu. (Gn 5, 20.)

Ao todo, a vida de Henoc foi de trezentos e sessenta e cinco anos. (Gn 5, 23.)

Ao todo, a vida de Matusalém foi de novecentos e sessenta e nove anos; depois morreu. (Gn 5, 27.)

Ao todo, a vida de Lamec foi de setecentos e setenta e sete anos; depos morreu. (Gn 5, 31.)

Ao todo, a vida de Noé foi de novecentos e cinquenta anos; depois morreu. (Gn 9, 29.)

Quando os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra, e deles nasceram filhas, os filhos de Deus, vendo que as filhas dos homens eram belas, escolheram entre elas as que bem quiseram para mulheres. Então, o Senhor disse: «O Meu espírito não permanecerá indefinidamente no homem, pois o homem é carne, e os seus dias não ultrapassarão os cento e vinte anos». Naquele tempo, havia gigantes na terra, e também depois, quando os filhos de Deus se uniram às filhas dos homens e delas tiveram filhos. Foram esses os famosos heróis dos tempos remotos. (Gn 6, 1-4.)

Para quem não sabe, por exempo, Gn 6, 1-4 - Génesis, capítulo 6, versículos 1 a 4. O Henoc, coitado, teve mesmo pouca sorte, morrer ainda tão novinho...

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...