quarta-feira, 2 de abril de 2014

Fernando Pessoa, documentário da série Grandes Portugueses


Três notas rápidas após um visionamento meio distraído do programa/ documentário sobre Fernando Pessoa, na série Grandes Portugueses (obviamente, para mim, Fernando Pessoa foi o maior Português do século XX, senão o maior de sempre, se é que é possível medir-lhes a altura):

Primeira: Fernando Pessoa publicou, em vida, cinco livros, e não um, como é dito: 35 Sonnets (1918); Antinous (1918); English Poems I-II (1921); English Poems III (1921); e Mensagem (1934). Este é um dos mitos mais difundidos sobre Fernando Pessoa: que apenas publicou um livro em vida. Se quiserem colocar a Língua à frente da Literatura, então digam a verdade: publicou apenas um livro em Português.

Segunda: Chuva Oblíqua [25:52 - 26:12], poema publicado pela primeira vez na revista ORPHEU, n.º 2, Lisboa: Abr-Jun, 1915, poema interseccionista, é óbviamente de Fernando Pessoa, ele mesmo, e não de Álvaro de Campos, como é dito.

Terceira: Havendo quatro livros de Fernando Pessoa a recomendar, como é feito no final do programa, estes têm que ser - na minha opinião, claro - sempre: Livro do Desassossego, de Bernardo Soares; Poesia, de Alberto Caeiro; Poesia, de Álvaro de Campos; e Poesia, de Ricardo Reis. [Dependendo das edições, em vez de Poesia de... pode aparecer no título Poemas de...]

Não foi apenas o Dia Triunfal que foi uma ficção verdadeira...

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...