segunda-feira, 31 de março de 2014

Carta Aberta ao Presidente da República, de Vítor Rua*

Cavaco Silva
Ex.mo. Sr. Presidente da República:

Não cumprimento V.Exa. e venho por este meio perguntar-lhe, seu grande paparrotão, se sabe que em Portugal existem mais de dois milhões de pessoas a viverem abaixo do nível de pobreza?
Sabe V. Exa., meu grande zureta, que Vossa Excelência com a sua atitude de desprezo total pela dignidade humana, está a contribuir para a perca de felicidade, capacidade de sonhar, dos nossos idosos, reformados e aposentados de fome e a deixar viverem na miséria pessoas que têm direito a um final de vida digno?
Tem V. Exa. conhecimento de que uma grande maioria dos nosso jovens ou têm de emigrar ou se ficam no País não têm emprego, futuro ou direito a sonhar, meu grande mandu?
Vossa Excelência, grande alarve, consegue entender que está a matar a Cultura deste País, meu grande parolo?
Não terá Vossa Excelência olhos na cara para ver que nós não queremos mais ver as suas trombas de zombie-mal-parido a dizer "Sobre esse assunto não irei comentar", meu grande empata-fodas?
Deu Vossa Excelência conta, que como Primeiro Ministro autorizou que batessem nos portugueses e, que estes, estúpidos que são, elegeram-no presidente deste nosso País, para que logo você, meu trengo, autorizar de novo baterem em nós, portugueses?
Terá você vergonha nessa sua tromba feia, meu grande estúpido, ao ponto de se retirar e desaparecer para sempre da nossa vista, para que não mais tenhamos de ver as suas trombas-de-alarve?
Despeço-me sem qualquer Respeito por Vossa Excelência, desejando-lhe a si e à sua pirosa-mulher-com-reforma-baixa e que se vão lixar longe daqui meus grande paparrotões,
do vosso (salvo seja...),

Vítor Rua, 2014

*Republico aqui a Carta Aberta de Vítor Rua pois o seu primeiro post no facebook foi retirado por ser considerado "ofensivo". Ou nas palavras de Vítor Rua:


Aviso: foi-me retirado do FB o meu post da minha Carta Aberta Ao presidente da República dizendo que era "ofensiva"!!! Ora "ofensivo" é o que esse animal nos está a fazer a nós: idosos, reformados, aposentados, jovens, Cultura, Arte, Ciência, etc.. Depois de reflectir sobre como agir neste caso de censura, resolvi rescrever a minha carta aberta que vos deixo aqui, sabendo de antemão, que o original é quase sempre melhor que a versão, mas vou dar tudo por tudo para não vos desapontar.

2 comentários :

  1. Desejo que esta carta seja lida por muitos portugueses e que todos nós consigámos acordar, de olhos bem abertos, para a nossa realidade!
    Só não vê o que se passa à nossa volta quem não quer e isso é pior do que ser cego!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anda tudo cego há muito, muito tempo...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...