quinta-feira, 14 de novembro de 2013

25 anos

Pai, nunca fui à tua campa, a não ser quando, no que me restou da infância, era arrastado pela mão da mãe. Ou quando outro enterro me levava ao cemitério - agora até os enterros evito - como os casamentos - ou os baptizados - sabes que nunca acreditei em nada disso, nem em nada do que significam ou representam. Sabes que nunca acreditei que lá onde estivesses - para mim em lado nenhum, apenas enterrado o que restava de ti e que hoje estará desfeito, comido pelos bichos da terra - nunca acreditei que me pudesses ouvir - ou zelar por mim - ou o raio que os partam que me tentavam enfiar na cabeça. Sabes - saberias, se fosse possível saberes -, no entanto, que nunca te esqueci - que não te esqueci um único dia da minha vida. Que enquanto respirar neste malfadado planeta, viverás - viverá um pouco de ti - dentro de mim. Sabes que choro ainda - ainda que as lágrimas já se me tenham secado há muito - há 25 anos.

3 comentários :

  1. André, não o conheço, apenas passei por aqui. Não posso deixar de admirar a saudade e respeito que demonstra pela pessoa do seu pai. Eu perdi a minha mãe tinha 13 anos e já estou com sessenta... e ainda a recordo com carinho e muita saudade pela vida que não usufrui com a companhia dela. Também acredito que ela já não existe, que não está em lugar algum, o que me dá paz. Mas isso sim, acredito e tenho a certeza que assim como Jesus Cristo ressuscitou, Deus fará o mesmo com ela e voltarei a vê-la e a viver com ela e os meus queridos ETERNAMENTE! Jesus virá outra vez para vir buscar os que querem segui-l'O e fazer a Sua vontade! É isso que a Bíblia ensina entre outras coisas, claro; coisas que dão sentido à nossa existência. Estude-a também e seja feliz! Um abraço para si também, se me permite!
    Gabriela

    ResponderEliminar
  2. Olá André! Gostei de ler o que escreveu, especialmente do carinho e saudade que ainda sente pelo seu pai. É sinal que você é uma pessoa muito bem formada, com bons sentimentos e certamente um bom carácter.
    Tive pena das dúvidas que tem em relação a Deus e ao futuro. Por isso, com muito carinho e respeito, partilho consigo os meus blogues pois neles encontrará, tenho a certeza, respostas para essas dúvidas.
    Um abraço amigo. Até sempre.

    http://meditacaoparaasaude.blogspot.com
    http://leiturasparaavida.blogspot.com

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...