domingo, 6 de outubro de 2013

Prémio Nobel da Literatura 2013: círculos bem informados de Estocolmo

Nobel Prize in Literature medal, Medalha Prémio Nobel da Literatura
Medalha Prémio Nobel da Literatura
 
Começam amanhã a ser divulgados os Prémio Nobel 2013. Primeiro a Medicina, e lá para terça ou quarta-feira chega a Literatura.

Por falar em literatura. Este ano, a Academia sueca recebeu 195 propostas de todo o mundo. A recepção fechou em Março. Desses 195 nomes, a Academia considerou 48. Este considerar não tem nada a ver com a maior ou menor relevância do autor. A formalização da proposta obedece a critérios que têm de ser respeitados. A 30 de Maio foram escolhidos os cinco nomes da shortlist. Essa shortlist é secreta mas, nos círculos bem informados de Estocolmo, especula-se que possa ser composta pelo israelita Amos Oz, 74 anos; o austríaco Daniel Kehlmann, 38 anos; os americanos Don DeLillo, 76 anos [em Novembro fará 77], e Jonathan Franzen, 54 anos; e o judeu-húngaro Imre Kertész, 83 anos [em Novembro fará 84]. A ver vamos. Por mim, tenho muita pena que o italiano Claudio Magris, 74 anos, não entre nestas contas.

Eduardo Pitta, no blog Da Literatura.

Os círculos bem informados de Estocolmo já não são nada do que eram; então não sabem eles que o judeu-húngaro (que raio de nacionalidade é esta?) Imre Kertész já ganhou o Prémio Nobel da Literatura em 2002? Ah, e se a tradição se mantiver, o Prémio Nobel da Literatura é anunciado na próxima quinta-feira, dia 10 de Outubro de 2013. Terça-feira será anunciado o Prémio Nobel da Física, e Quarta-Feira será anunciado o Prémio Nobel da Química: estas datas, ao contrário da data do Prémio Nobel da Literatura, não são segredo para ninguém, e são conhecidas oficialmente desde dia 08 de Abril de 2013. Há por aí quem fale do norueguês Jon Fosse, mas se calhar são só apostas especulativas... E... em jeito de curiosidade, a último vencedor do Prémio Nobel da Literatura pela segunda vez... estava morto... Chamava-se Erik Axel Karlfeldt, era Sueco, e recebeu-o (pela segunda vez) em 1931. Tinha-o recusado em 1919 (o nome nem aparece na lista oficial) por ser o secretário permanente da Academia Sueca. Mas a Academia Sueca havia de lho dar à força - deu-lho pouco depois de ter morrido, que assim já não o podia recusar... E... também em jeito de curiosidade, já não se atribui postumamente o Prémio Nobel da Literatura, nem o da Literatura, nem nenhum outro, por decisão do Comité Nobel, em 1974. Exceptua-se esta regra se o laureado morrer entre a data do anúncio e a data da entrega.

5 comentários :

  1. CONVITE
    Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderEliminar
  2. :-D
    Este homem não existe! Lembras-te disto: http://thecatscats.blogspot.pt/2013/07/o-saber-unico-das-nossas-elites.html?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, por vezes uma pessoa lê e exaspera-se! Sim, lembro. Há sempre quem continue a descobrir a pólvora - por mais que lhe digam que já foi descoberta...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...