sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Bang Bang, Elie Dupuis. Do filme «Maman est Chez le Coiffeur».




Versão em francês da música Bang Bang, cantada por Élie Dupuis, no filme canadiano Maman est Chez le Coiffeur, realizado por Léa Pool, cineasta suíça radicada no Québec (letra original, em inglês, de Sonny Bono para a Cher [Bang Bang (My baby shot me down)]. Também gosto muito da versão em italiano do filme canadiano Les Amours Imaginaires, do actor e realizador Xavier Dolan, também do Québec. A letra desta versão em francês (para quem não entende as três línguas, convém dizer que a letra nas diferentes versões não é exactamente a mesma):



Bang Bang

Nous n'étions que des enfants,
Nous n'avions que 5 ou 6 ans,
On jouait au même jeu,
C'était lui le plus fort des deux.

Bang, bang, il me tirait,
Bang, bang, il me blessait,
Bang, bang, moi je pleurais,
Bang, bang, et il me consolait.

Bien vite passa le temps,
Et nous sommes devenus grands,
En riant il me disait:
"Rappelle toi quand on jouait".

Bang, bang, il me tirait,
Bang, bang, il me blessait,
Bang, bang, moi je pleurais,
Bang, bang, et il me consolait.

Vous pouvez rire et chanter,
Pendant que je vais pleurer.
Vous pouvez rire et chanter,
Pendant que je vais pleurer.

Il était mon grand amour,
Je voulais le garder toujours,
Et moi je n'étais rien sans lui,
Sans amour, il est parti.

Bang, bang, il m'a quittée,
Bang, bang, je suis blessée,
Bang, bang, je vais pleurer,
Bang, bang, sans être consolée.

2 comentários :

  1. E não esquecer que foi a música de uma curta muito interessante do F.Ózon - "Une robe d'Été".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também a letra, na curta «Une Robe d'Été, é diferente (e também em Francês). Penso que será a versão francesa de Sheila. No filme Les Amours Imaginaires é a versão italiana de Dalida. Abraço.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...