quinta-feira, 13 de junho de 2013

Entrevista a José Rentes de Carvalho

Para não estar sempre a publicar posts parvos sobre política, ou posts parvos com os meus devaneios, ou outros posts parvos, um post apenas para partilhar uma entrevista a José Rentes de Carvalho. O que me recorda que ainda não tenho o seu último livro. De vez em quando é bom focarmo-nos nas coisas boas. E José Rentes de Carvalho é do melhor que existe (a meias com a Holanda) em Portugal. A este propósito li um dia destes uma espécie de debate - muito rasco, mas de palavras caras, para o dizer em termos técnicos - em que um grupo de idiotas estava muito preocupado em saber se José Rentes de Carvalho era de direita ou de esquerda. Podia dizer que era gente a preto e branco, mas nem isso, apenas gente cinzenta. Adiante, carregem no botão play...


Actualmente em Itália quando um político supostamente corrupto entra num café, ou num restaurante, os clientes começam a atirar moedas para o chão. Eu acho que se nós começarmos a atirar moedas para o chão em Portugal, vamos ficar sem porta-moedas. (...) Somos a colónia de um x número de famílias que dispõe, e predispõe, e contrapõe de tudo aquilo que quer, e os 9, 10 milhões de sujeitos, ou ficam e aguentam, ou vão-se embora como eu fiz...

1 comentário :

  1. Vem mais um livro dele na mais recente revista do "Círculo de Leitores"; assim vou comprando os seus livros...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...