quinta-feira, 11 de abril de 2013

Pagar para Trabalhar (II)


Foi ontem publicada em Diário da República a abertura do concurso para a frequência do Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP), que decorre até dia 19 e que garante um emprego na administração pública central como técnico superior, com um salário de 1.201,48 euros brutos. Estão previstas 80 vagas.
O curso é dirigido a todos os licenciados maiores de 18 anos e a candidatura tem um custo de 100 euros (encargos com o processo de selecção). Caso o candidato seja seleccionado para frequentar o CEAGP terá de pagar 5 mil euros, mas terá a garantia de colocação no Estado como técnico superior, com contrato de trabalho por tempo indeterminado, desde que a nota final não seja inferior a 12 valores.

(Fonte e Artigo Completo: Económico)


Pagar para trabalhar - um conceito em que Portugal está na linha da frente. Não bastasse a proliferação de estágios não remunerados - agora é o próprio governo: o estado tem 80 postos de trabalho que precisa de preencher; para integrar esses postos de trabalho, os candidatos têm que concorrer a um curso - a inscrição no concurso para o curso custa 100€ - e o curso 5000€... Portanto, para termos acesso a postos de trabalho que o Estado tem necessidade de preencher, pagamos 5100€... Deve haver um adjectivo qualquer para qualificar isto...

Adenda: Plataforma Ganhem Vergonha - para denunciar empregadores sem vergonha: Blog; Página facebook.

2 comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...