terça-feira, 9 de abril de 2013

Helicóptero [Post n.º 666]

Helicóptero, Helicóptero Telecomandado

Quando era pequeno, fanático de corridas de Fórmula 1, de Motocross, e de tudo o que tivesse um motor, rodas, e andasse, sempre quis ter um carro telecomandado; o melhor que tive foi um que não fazia marcha a trás, o que era uma grande xaropada quando se metia nalgum beco sem saída. Os carros telecomandados já não me dizem nada - e as motos, quando as experimentei, ia-me matando - mas como de quando em quando convém ir afagando a criança que vive em nós, mandei a crise para as couves -, e comprei um helicóptero telecomandado. Um helicóptero que, imagine-se, voa mesmo, anda para a frente e para trás, filma e tira fotografias. É tão lindo e delicado que, não tendo o piloto horas de vôo suficientes para o poder pilotar em segurança, teve que ir comprar outro mais barato para treinar. Se me ausentar não estranhem, provavelmente ando a espiar a vizinhança.


1 comentário :

  1. Das coisas boas que me aconteceram na guerra colonial (poucas), foi a experiância de ver um daqueles espectaculares pôr de Sol, a bordo de um helicóptero.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...