quinta-feira, 11 de abril de 2013

Grécia. União. Crise. Solidariedade. Europa. Caridade. George Soros.



«As pessoas que mais sofrem não tiveram qualquer participação na crise» escreveu George Soros no texto de apresentação da iniciativa Solidarity Now, um projecto da Open Society Foundations. Cris Stone, o presidente da Open Society Foundations, afirma que «a mensagem da Solidarity Now é de união e não de caridade». 

Não consigo ler isto sem um sorriso e um sentimento de tristeza. Porque acreditei na Europa, acreditei que vivia no canto mais civilizado do mundo, num lugar onde valia a pena viver, acreditei no projecto Europeu (que projecto?, pergunto-me hoje), e já não acredito - e como qualquer pessoa que perdeu a fé, olho para tudo isto, tentando não pensar na vida, encolhendo os ombros e suspirando, cogitando que foi um sonho lindo. A vida continua. Eventualmente, um dia a crise passará, e algo de novo surgirá - alguns sucumbirão, outros sobreviverão - alguns com extremas dificuldades - outros com a vida arruinada - alguns reerguer-se-ão - outros atravessarão incólumes estes tempos - mas ninguém será quem era.

União. Solidariedade. Europa. Grécia. Palavras que, quando separadas farão maior ou menor sentido - mas há qualquer coisa que falha quando juntas. O elo que nos unia foi quebrado.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...