quinta-feira, 21 de março de 2013

políticos, tudólogos, astrólogos, tarólogos, comentadores... sócrates.

Meme Jackie Chan

Político deve ser a única profissão do mundo em que ser incompetente compensa. Além de Engenheiro (ou Bacharel, ou lá o que era) da Câmara Municipal da Guarda. Deve ser também a única profissão que quando se abandona - pelo próprio pé, por ser derrotado, ou demitido - possibilita a abertura de mil e umas portas, janelas, e assentos num outro lugar qualquer.

Enfim, nada tenho contra o Sócrates comentar ou não comentar seja o que for, seja onde for. Nem sei porque dão tanta importância a isto. Afinal de contas o que mais há nas televisões, rádios, e jornais são tudólogos, astrólogos, tarólogos, comentadores, políticos - todos a rasar a nulidade. Quem os vê, ouve, ou lê - tem o que merece.



Adenda (a quem possa interessar): Votei no PS em 2009. Votei no que considerava o mal menor. Podia ter votado em Branco, ou Nulo, ou outra coisa qualquer. Foi a única vez que votei num dos dois partidos que se revezam no poder. Actualmente não acredito em nenhum partido político - nunca acreditei em nenhum, na verdade. A única migalha de fé que me resta é esta: pior que Coelho, Gaspar, Relvas & Companhia Lda. é difícil. Mas tenho consciência que é possível. Porém, ainda que seja possível vir pior, ainda que não se vislumbre alternativa, tal não justifica a permanência de sumas incompetências no governo do País.

2 comentários :

  1. Odiar Sócrates tornou-se no nosso país um fenómeno normal e terrívelmente transmissível.
    Ainda bem que nunca alinhei em carneiradas e continuo a preferir a liberdade de expressão à odiosa palavra "proibir"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Começo a pensar que a contratação de José Sócrates foi encomendada pelo Governo... Já viste quanto as atenções se desviaram do Governo?

      Sinceramente, independentemente da avaliação que se faça do trabalho de José Sócrates enquanto Primeiro-Ministro, penso que seria bom para ele continuar sossegado. Pessoalmente, creio que teve boas ideias para a economia portuguesa que já vieram tarde demais, quando passara o tempo das vacas gordas, e continuou a governar como se ainda estivéssemos nesse tempo; boas ideias muito mal aplicadas. As PPP, e muitos outros «negócios», são simplesmente ruinosos.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...