terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

PSI 20: 2002-2012

Desde o agora longínquo ano de 2002 que a palavra «crise» entrou no vocabulário dos Portugueses - é uma expressão linguística, pois a palavra «crise» sempre existiu, está claro. Desde aí tenho imaginado para mim mesmo que seria interessante fazer uma estatística que contasse o número de vezes que a palavra «crise» foi escrita, por mês ou por ano, nos principais jornais Portugueses. Seria uma estatística tão inútil como outra qualquer. Em 2002, em que o PSI 20 parecia não querer parar de descer, muito lamentei não ter dinheiro para «investir» numas acções que chegaram a estar a 0,15€. Teria sido um investimento do catano! Poucos meses depois começaram a subir, até alcançarem valores superiores a 6,5€. Não tenho em mente o valor exacto, mas era superior a este. Teria ganho bastante. Mas eu não tinha dinheiro, nunca tive, nem nunca vim a ter. Estranho mundo este em que quem tem dinheiro pode ganhar muito mais dinheiro sem fazer rigorosamente nada. E quem não tem dinheiro, nem sequer tem trabalho para ganhar dinheiro... para sobreviver.

Entretanto, como podem ver no gráfico acima, o PSI 20, depois de ter subido, está agora - ou em finais de 2012 - a valores abaixo dos valores de 2002.

A minha década, ao contrário da do PSI 20, foi sempre a descer. Nem sequer tive subidas como as do gráfico. E continuo a descer - não sei até onde. Provavelmente até ser um miserável sem-abrigo. Olho para todos os lados - tento encontrar uma solução para a minha vida. Mas nada. Não tenho nada, nem ninguém. Não sei que fazer, nem para onde ir. Não tenho presente, nem vislumbro futuro. Apenas o «fim», ou um milagre. Em milagres não acredito, em mim já não encontro forças.

Curiosamente, a par da palavra «crise», houve outra cuja frequência de utilização cresceu - a par-e-passo, por assim dizer: «empreendedorismo». Se algum dia alguém se der ao trabalho de realizar o trabalho estatístico que referi, seria interessante comparar. Nem era preciso analisarem os jornais ao pormenor. Bastava utilizar os títulos das notícias. Outra coisa interessante seria verificar quantos anúncios «oficiais» do fim da crise já houve.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...