terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O «Caos Político» Italiano

M. C. Escher, Estrela, Caos
Desenho de M. C. Escher


«Caos» é a palavra utilizada na actual política europeia para dizer que um resultado eleitoral não vai de encontro a nenhum arranjo esperado pelo sistema. Quando os burocratas europeus querem um resultado, e o resultado é contrário ao esperado, estamos a caminho do «caos», dizem. Se na Grécia não ganha quem eles querem, isso é «caótico», tem que haver novas eleições. Se em Itália não ganha quem eles querem, isso é «caótico». Se o resultado num referendo na Irlanda (que apenas se realiza por imperativos constitucionais) é contrário às aspirações do sistema, isso é caótico. Repitam-se eleições e referendos até que os burros dos eleitores votem no que é «certo». Porque só é «governável» aquilo que vai de encontro aos interesses instalados.

«O caos é uma ordem por decifrar»... dizia José Saramago. Há por aí alguém que decifre as opções que a Europa tem vindo a tomar?

2 comentários :

  1. Mas será que as eleições num país democrático e feitas de uma forma democrática só trazem resultados não caóticos, quando eles estão de acordo com as situações envolventes? Então estes resultados são tudo menos caóticas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, também julgo que são tudo menos caóticos - caótica é a situação de merda para que estes políticos de merda estão a levar a Europa.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...