domingo, 20 de janeiro de 2013

Lance Armstrong - Há respostas para tudo...



Era o dia 13 de Julho de 1999. Na época o ciclismo era, juntamente com o futebol, e a Fórmula 1, um dos desportos que eu acompanhava com uma certa dose de fanatismo. Não perdia um jogo do Benfica, na rádio ou na televisão, que naquela altura não davam os jogos todos na televisão, nem havia streaming na internet, não deixava passar um Grande Prémio de Fórmula 1, fosse a que horas fosse, nem havia um Tour de France, Vuelta a España, ou Volta a Portugal que eu não acompanhasse do princípio ao fim. Não me perguntem porquê, que eu não sei responder, nunca gostei do Giro.

Era o dia 13 de Julho de 1999 e de repente Lance Armstrong... Era a 9.ª etapa, entre Le Grand Bornand e Sestrières. Sim, recordava-me da data - mas fui confirmá-la, coisa que nesta era da internet está à distância de um clique. Recordava-me da data porque me recordo de todos os dias 13 de Julho desde há longos anos. Mas isso é outra história. Era uma etapa de montanha, e o Richard Virenque é que era o especialista - nesse ano ganhou o Prémio de Montanha sem ter vencido nenhuma etapa, mas para o Prémio de Montanha não é preciso vencer etapas, é preciso passar regularmente nos primeiros lugares, nos sítios certos. E de repente Lance Armstrong.... Numa etapa de Montanha Lance Armstrong arruma os principais adversários, depois de vestir de Amarelo desde a etapa anterior, e...  13 etapas a vestir de Amarelo, até chegar a Paris triunfante.

Quem acompanha ciclismo, como eu acompanhava, sabe que foi aqui, nesta etapa, de Montanha, depois de ter vencido o Contra-Relógio na etapa anterior, entre Le Grand Bornand e Sestrières, que Lance Armstrong ganhou aquele Tour. E como - era a pergunta - como é que um especialista de Contra-Relógio também podia ser um especialista de Montanha?! Que fenómeno! É que nem Miguel Indurain tinha feito aquilo! Nem Miguel Indurain...

Até Lance Armstrong ter confessado não acreditei! Mas como é que era possível alguém ganhar sete Tours, com controlos apertados, e nunca ser apanhado?, perguntava-me. A esta última pergunta, li por aí, a resposta é que na altura não havia capacidade científica para detectar a substância que ele tomava, mas que ficaram amostras de urina congeladas. Quanto há outra, aquela que tantos anos antes eu fazia a mim mesmo, e muitos adeptos de ciclismo terão feito, como é que um tipo consegue ser um especialista de Contra-Relógio e especialista de Montanha? (Reparem que não é ser bom nas duas coisas, isso há bastantes ciclistas que o são - é ser um especialista nas duas - e Miguel Indurain também era bom na Montanha). Quanto a esta segunda, não era a resposta que esperava. 

Mas tudo tem uma resposta - mesmo que nunca a cheguemos a conhecer - e esta conhecemos - e há qualquer coisa que morre dentro de nós, os adeptos do ciclismo. Eu há anos que deixei de ver. Não sei se voltarei a ter algum interesse. Resta-me o meu ídolo, aquele que nunca deixou de ser o meu ídolo. Quem se atreverá agora a dizer-me que «mas o Lance Armstrong venceu mais vezes que o Miguel Indurain» ou «Mas o Miguel Indurain só vencia etapas de Contra-Relógio»... (Não há por aí nenhuma amostra de urina congelada, pois não? É que uma pessoa já não se pode fiar em nada nem ninguém! E além demais Miguel Indurain também é suspeito - mas deixem-me ter um ídolo em paz...)

4 comentários :

  1. Respostas
    1. Outros fenómenos... Mas esses eu já não vi correr (já tinham deixado de o fazer quando eu nasci)... (Agora fica-me a pergunta na cabeça - será que tomavam alguma substância ilegal?) O ciclismo (e o desporto em geral) está arruinado... É que fala-se muito em ciclismo - mas a quantos campeões olímpicos de outras modalidades foram retirados os títulos...?

      Eliminar
  2. A minha questão é... porquê confessar só agora? Não faz sentido! Não foi um peso na consciência momentâneo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei porquê... De qualquer modo, já não foi bem um confissão - foi apenas uma confirmação...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...