terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Vassalagem

Mecenas Apresentando as Artes a Augusto, de Giovanni Battista Tiepolo


Disclaimer*: Venho publicamente afirmar que o autor deste blog não presta vassalagem, não tem dono nem dinheiro. Não tem filiação partidária, nem emprego ou trabalho, e só deve lealdade - seja lá isso o que isso for - a si mesmo. Não elimina comentários, a não ser que sejam spam, só exige registo porque não tem paciência para anónimos, e os mesmos são imediatamente publicados, pelo que nenhum é bloqueado. Faz links na barra lateral para quem lhe dá na republicana gana; comenta muito nos outros blogs quando lhe apetece, nada se não lhe apetece, sempre o que pensa, e fica aborrecido se não lhe aprovam os comentários. Como não dá conselhos**, também não os aceita, e acha uma impertinência haver quem ande por aí a dar conselhos aos outros, independentemente de seguir os próprios conselhos. A quem aconselha o silêncio, pergunta ¿Por qué no te callas? Os conselhos se fossem bons não se davam, vendiam-se. A quem aconselha um caminho diz: não vou por aí. Responde a todos os e-mails que lhe enviam, nem que seja a mandar mui simpaticamente para a Puta que os Pariu! No entanto, aceita Mecenas, em dinheiro ou em géneros, e não pertence à Sociedade Portuguesa de Autores. Gosta muito de cães, mas prefere gatos. Aos animais que dizem cães que não conhecem o dono replica que tal expressão é uma ofensa: para os cães e para o dono. A lealdade enquanto qualidade, não tem qualidade nenhuma. Enquanto forma-de-estar, há quem lhe chame lamber-botas. Enquanto compromisso, é respeito por si mesmo. O autor deste blog não se vende***. O autor deste blog não gosta de política - tal não impede que tenha consciência que não é a política que não presta, são as pessoas. O autor não tem qualquer problema em assumir posições, em fazer escolhas, em apoiar o que considera que deve ser apoiado. O autor gosta de barafustar, e barafusta: já disse que não é apologista do silêncio? O silêncio compactua. O autor não aplaude ou urra conforme a bancada de onde vem o discurso, porque o autor não gosta de circo, embora muitas vezes se veja surpreendido por concordar com aqueles com que raramente concorda. A única consistência, é não haver consistência nenhuma: espero que entendam que esta forma de congruência é a única maneira de ser coerente. Para o autor deste blog não há sistemas de pensamento, há pensamento livre e pensamento limitado por sistemas. Pensar sistematicamente é aceitar que as permissas de que partimos nos podem conduzir a conclusões que não desejamos.



O autor deste blog fez a experiência de ficar um mês sem tomar banho para fazer a vontade ao mentecapto que se senta na primeira cadeira do governo, acabou de sair da banheira, e está com uma grande constipação: o autor deste blog, com estas brincadeiras, ainda se lixa. O autor deste blog precisa de ganhar uns 7 ou 8 kg. Ainda tem dinheiro para comer, e família que o possa ajudar nas necessidades básicas, o que lhe falta é apetite - mas a continuar assim, não sabe não. O autor deste blog tem comiseração pela gente pequenina que se acha grande por lamber a mão daqueles que estão no poder. Interroga-se se essas pessoas terão consciência que também vão morrer, e são uma sombra tão inútil quanto todas as outras sombras. O autor deste blog gosta de ler poesia, romance, e filosofia. O autor deste blog pensa muitas vezes em deixar de escrever posts irados com a corja que está no poder, e começar a escrever só sobre coisas importantes. O autor deste blog é apologista da paz e da diplomacia. Todavia, se aqueles que estão no poder nos matam com leis, não resta outra alternativa que não seja matá-los com balas. O autor deste blog gosta muito de livros e de pintura. O autor deste blog gosta muito de ver peças de teatro baseadas na obra «Sonho de uma Noite de Verão» de William Shakespeare. O autor deste blog conhece muita gente, tem poucos amigos, e quase nenhum por perto: coisas da vida. O autor deste blog tem momentos de depressão aguda, tendência para a hipocondría e mitomania, e claustrofobia dentro de hospitais. O autor deste blog nunca esteve internado, nunca partiu nenhum osso, mas já andou à porrada, já levou porrada, e já deu porrada! - Óh Álvaro, isto é que é em linha recta! O autor deste blog considera absolutamente idiotas as pessoas de esquerda que passaram a defender o «acordo ortográfico» por causa da tomada de posição do Vasco Graça Moura. Parecem garotos a fazer birra «se tu gostas eu não gosto, se tu queres, eu não quero». O autor deste blog é liberal. O autor deste blog é anti-neo-liberalismo. O autor deste blog gosta de escritores. Ponto. Quer lá saber se são de esquerda ou de direita. O autor deste blog pratica a ironia, a auto-ironia, o nonsense, só não pratica natação porque não sabe nadar. O autor deste blog ia morrendo afogado (quem é que nunca passou por isso?), e só muito recentemente descobriu qual é que foi o amigo que o puxou da piscina. O autor deste blog gosta de ler nas entrelinhas, as páginas em branco demoram muito mais tempo a ler. Por agora é tudo. Se apetecer ao autor deste blog, este post poderá ser alterado, diminuido ou aumentado, ou até eliminado.


*Mais de 8 anos depois na blogosfera, finalmente escrevo a palavra disclaimer.

**Por vezes permito-me dar conselhos, porém faço-o a alguém em especial, pedindo de antemão desculpa pelo atrevimento, avisando da natureza dos conselhos, e habitualmente são para aconselhar a leitura deste ou daquele livro.

***Por pouco dinheiro. Há uns anos 1.000.000 de qualquer coisa balizava o número em que a proposta se podia considerar indecente, e portanto considerável para aceitação. Entretanto, com a inflação esse número deve ter subido, mas com a crise é de supôr que esteja de volta ao padrão antigo. Assim sendo, 1.000.000 é o número para lá do qual esta verdade é posta em consideração.

8 comentários :

  1. Fazes tu muito bem.
    Mas olha que eu já estive para tirar a lista de blogs que sigo, da coluna da esquerda do meu blog.
    E provavelmente vou fazê-lo e por várias razões: se quero chamar a atenção de um determinado blog, que me parece ter interesse ser divulgado, afirmo-o num post, como já tenho feito; a minha lista verdadeira está no Google Reader e esta coluna nunca está devidamente actualizada (aparecem blogs novos, outros desaparecem)...; ocupa bastante espaço o que dificulta a rapidez da leitura do blog; e "last, but not the least", anda por aí um farsolas, que me odeia intensamente, e cujo gozo é andar sempre a cuscar esses blogs para lá botar a sua douta e longa opinião e fazer-se passar por um ser humano excepcional e afinal é um hipócrita. Assim que vá "beber" a outro lado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vejo que tiraste a lista de links do teu blog. Isso eu não faço, pois considero que é parte da essência da blogosfera. É onde os nossos leitores podem ter acesso a um conjunto de blogs que são - seja qual fora a razão - as nossas preferências. Compreendo muito bem a tua razão, e nesse caso particular considero que fizeste bem. Provavelmente faria o mesmo.

      A minha lista são os blogs dos meus amigos - esses têm entrada automática. E blogs de que gosto. Não quer dizer que sejam semelhantes a este, são muito diversos. Alguns deles até exprimem ideias totalmente diferentes das minhas. Mas há aquela frase que atribuem a Voltaire - não sei se é se não - que é mais ou menos assim: posso não concordar com o que dizes, mas defenderei até à morte a liberdade de o dizeres. Gosto de ler opiniões diversas das minhas. Abraço.

      Eliminar
  2. Estou estúpida com as coisas de que aqui tomei conhecimento. Mas foi bom aprender.

    ResponderEliminar
  3. Algumas coisas ainda nem me tinha apercebido...sou muito nova na blogosfera. Até à presente data não tenho tido problemas...ma também é um blogue de prosa poética, poesia e algumas opiniões...
    Gostei da bandeira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A blogosfera é também um reflexo da sociedade. Não é melhor nem pior. Como na vida, também na blogosfera existem comportamentos e atitudes que caem mal........ «Não somos Gregos» é das expressões mais egoístas, egocêntricas, idiotas... que se têm dito. É dum mau gosto atroz. É daquelas coisas que, mesmo que fosse verdade, nunca se devia dizer. Onde ficou a solidariedade, ou ficou a entre-ajuda,...... O que está a acontecer na Grécia é uma catástrofe humanitária - já passou da farsa ou tragédia. Mais que nunca a Europa tinha que se unir e dizer «Somos todos Gregos». É por isso a bandeira...

      Eliminar
  4. Fui ler o linkado, para entender as razões deste belo post tão zangado, e fiquei pasmada!
    Nada que no fundo não se suspeitasse, embora eu ande há pouco tempo nestas bolandas de blogs, mas sempre julguei que fosse mais uma lenda, ou rumores criados por eete ou aquele mais invejoso..´. Até na blogosfera há que cuidar para não se cair nessas parvoíces que alguns tanto apreciam, no mundo profissional e social.
    De qualquer modo, quero lá saber e subscrevo o que dizes, André. Por mim linko quem me apetece e comento o que quero e onde quero a quem aceitar comentários. A minha Lista de blogs é do mais eclético que há! Aliás, nos blogs que censuram comentários, rapidamente deixo de tentar comentar e até evito "pôr os pés". Para ter andado submetida, nos tempos de caloira de blogger, aos caprichos desvairados de uma administradora que oscilava entre a adulação e a inveja censórica, para isso já me bastou! Isto da blogosfera é para divertir, comunicar e conhecer ideias e pessoas interesantes e não para reproduzir certos ambientes nefastos do Mundo exterior! Livra!!!
    Assim já percebi melhor porque bradavas contra a Lealdade. pois ia dizer que até aprecio a Lealdade. No entanto a boa Lealdade é a lealdade de gato, que também prefiro à dos amigos cães, pois é a Lealdade digna, que exige respeito. Aprende-se muito com os animais ditos irracionais, sobretudo com os gatos, que nos ensinam a amizade e respeito com dignidade e independência.
    E às vezes também sinto necessidade de dar conselhos e aprecio-os. na justa medida. Defeito profissional neste caso...
    E Também admiro os artistas, sejam de que facção sejam. Mesmo que sejam a favor do AO. Mas o acto de Graça Moura foi de mestre e espero que a onda anti-absurdo-AO vença! :))
    Xii--- ainda estou a remoer nesta da vassalagem! Há gente pequenina para tudo, mesmo!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sabia que alguém me ia entender! «No entanto a boa Lealdade é a lealdade de gato, que também prefiro à dos amigos cães, pois é a Lealdade digna, que exige respeito.» Pode em rigor dizer-se que devemos lealdade a quem não é leal connosco?!

      Gente muito pequenina que se julga muito grande...

      Bjs.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...