domingo, 26 de fevereiro de 2012

Ironia



Ironia, s.f. Figura de retórica que exprime o contrário do que as palavras significam e que serve para depreciar ou engrandecer. [Fernando J. da Silva, Dicionário da Língua Portuguesa, Dicionários Domingos Barreira]

Ironia. Há ironia quando as palavras significam o contrário do que no íntimo pensamos, ou estão em desacordo com a realidade: Que belo tratante me saíste! És um óptimo filho, não há dúvida! [A. Gomes Ferreira, J. Nunes de Figueiredo, Compêndio de Gramática Portuguesa, Porto Editora]


Ponto de Exclamação! Ando sempre com um na mão, como se de uma espada se tratasse, pronta a ser desembainhada. Agora que a virou moda tenho que afirmar de novo que já não tenho que um dia os Portugueses entendam uma ironia. Poucos, muitos poucos. Mais alguns quando é demasiado evidente. E já que é uma questão de , a minha mãe vai amanhã a uma missa, às 15horas, para ver se chove, diz ela. Melhor seria que ficasse cá fora. É que se calha a chover lá dentro é muito mau sinal. Porque é que os idiotas têm sempre tantos seguidores? Talvez porque sejam galos com Cristas que sobem aos Céus...


(Serve este post de aviso à navegação: isto é, a todos os incautos leitores que tenham o azar de naufragar e que venham dar a esta costa)

1 comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...