domingo, 4 de dezembro de 2011

Primeiro-Ministro Miguel Relvas vaiado no XIII Congresso da ANAFRE




Houve debandada geral aquando do início da intervenção do Ministro da Presidência, Miguel Relvas, no XIII Congresso ANAFRE (Associação Nacional de Freguesias), seguida de diversas interrupções e vaias por parte dos congressistas que continuaram no pavilhão.

É em momentos como este que sabemos que somos estrangeiros no nosso próprio país: quando aquele que é o ministro* mais sombrio, sinistro, obscuro, tenebroso, e tantos outros adjectivos e epítetos, que chegou ao governo deste país, nas últimas décadas, é - eu ia dizer «humilhado», porque o que fizeram a esta criatura é «humilhante», mas sinceramente não acredito que este sujeito tenha aquilo a que se chama «simpatia», ou «empatia», embora acredite que possa ser, aparentemente, mais «empático» que qualquer um que tenha estas características, portanto não sei se terá sido «humilhado», mas vamos supôr que sim - dizia, é humilhado por causa de uma medida com a qual concordo, ao contrário de tantas outras, bem mais importantes.

Não, não é engano o título deste post.

*Domingos Duarte Lima não foi ministro.

2 comentários :

  1. O Relvas estava furibundo...e eu fiquei radiante.
    Acrescento a todos os justos qualificativos com que o presenteaste um, essencial: hipócrita!

    ResponderEliminar
  2. Pinguim, a lista de qualificativos podia continuar ad infinitum... Abraço.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...