sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Bons Motivos para NÃO* comprar a revista LER


Agora que a crise faz com que pense em cada euro que gasto - detenho-me a olhar para as moedas de 1€ e pergunto-lhes se ainda valem mesmo 1€. Elas encolhem-me os ombros, e saem da minha mão resignadas - é raro comprar revistas e jornais que antes comprava diária, semanal, quinzenal, ou mensalmente, conforme a periodicidade de publicação. Já não me recordo da última vez que comprei o JL, o Público, ou a Visão, ou revistas sobre fotografia (a minha paixão não correspondida com uma máquina decente). Hoje comprei aquele jornal semanal que tem aquele director abjecto. Sim, já li mais de 50 dos cerca de 80 livros de Agatha Christie, embora os serial killers e os pseudo-assassinos em série não sejam bem a sua especialidade.
Tudo bons motivos para não comprar a Revista Ler: e *não, não estou a ser irónico, embora a maior parte das vezes o seja: agora até o Mário Soares é capa da Revista Ler: haja pachorra, como diz o Outro. Que saudades do tempo em que a revista era trimestral...

4 comentários :

  1. André
    tomara que qualquer político português no activo tivesse metade da qualidade política de Mário Soares.

    ResponderEliminar
  2. Pinguim,

    Não discuto os méritos ou deméritos políticos do Mário Soares. Diria o mesmo se fosse o Ramalho Eanes, o Jorge Sampaio, o Cavaco Silva...

    ResponderEliminar
  3. Eu já deixei de comprar revistas. Fico-me pelo Público e às vezes o Expresso ao fim de semana. É que não é só por racionalizar os gastos, embora seja mesmo o mais importante, é também porque as revistas deixaram de ter a qualidade de antes. A Ler tem letra tão pequenas que só com lupa.

    ResponderEliminar
  4. Leonor, a Ler eu comprava sempre, mas há muito que já não lia quase nada - aos poucos a revista tornou-se uma revista para folhear... A qualidade há muito que abandonou os jornais e revistas deste país...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...