quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Citação, 15


Vou pôr o lixo no contentor que fica ao fundo da rua. Desvio-me do vira-lata do costume. Parou de chover por um momento. Acelero o passo porque o céu escuro promete mais um aguaceiro. Perdido nos meus pensamentos, tropeço na conversa. Terá uns cinquenta anos. Está ao telemóvel e começa a elevar a voz:

Sabes, vou-te dizer uma coisa... viste aquele queijo? Foi praticamente isso e pão que comi toda a semana. Tu não fazes ideia do que é ter uma vida confortável e perder tudo de repente. Hoje pedi ajuda à minha mãe. Vamos ver até quando...

Regresso a casa com as pernas muito pesadas. Não sei se há quem nos possa proteger do que aí vem.


Rui Rocha, no post Nuvens Negras, no blog Delito de Opinião.


Transcrevi o post na íntegra porque não há uma palavra a mais ou a uma palavra a menos, que eu pudesse cortar, para ser em rigor uma citação. Foi isto que fizeram às pessoas. Isto. E por isto não me coíbo de pensar que a sombra negra, a definitiva, é a única coisa que merecem a maioria daqueles que passaram pelos cargos de decisão política - eleitos ou nomeados. E que a sombra negra se abata sobre eles após passarem o suplício da, também negra, fome. Pulhas!

2 comentários :

  1. Poucas palavras que incomodam tanto!!!...

    ResponderEliminar
  2. Mesmo, Elisabete! Os tempos que aí vêm não auguram nada de bom. E para muitas pessoas esse tempo já chegou, e em força...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...