domingo, 18 de setembro de 2011

Prémio Nobel da Literatura 2011


Pela primeira vez em muitos anos não encontro, nas minhas preferências, um escritor que queira que ganhe o Prémio Nobel da Literatura. Falta menos de um mês para a Academia Sueca anunciar o galardoado de 2011, e não tenho qualquer expectativa. Durante anos desejei que fosse o nome de Mario Vargas Llosa o anunciado, e quando começava a perder essa esperança, eis que a Academia finalmente capitulou. Com a atribuição do Prémio Nobel da Literatura a Mario Vargas Llosa, completou-se um triângulo iniciado em 1967, com Miguel Ángel Asturias, e que tem no outro vértice Gabriel García Márquez, que recebeu o Prémio Nobel em 1982. 

Lembrei-me disto a propósito do último romance de Mario Vargas Llosa, O Sonho do Celta, que finalmente transitou de uma das minhas estantes para a minha pequena secretária. Apesar de o ter adquirido no dia em que foi posto à venda, ainda não chegou a sua hora de ser lido. Li as primeiras páginas quando o comprei, e não lhe voltei a tocar, pois não me apetecia naquele momento: não tenho a certeza que já me apeteça agora; algo me diz que é a obra menos conseguida de Mario Vargas Llosa...

E quanto ao galardoado de 2011, em quem apostam?!



O Sonho do Celta, de Mario Vargas Llosa

Não que considere que tenha grandes hipóteses, porém após uma breve reflexão aqui deixo o meu candidato: Michael Cunningham, escritor Norte-Americano de quem me falta comprar e ler o último romance, publicado em 2010, Ao Cair da Noite. Também tenho um candidato Português, mas como ainda não li nada - refiro-me a obras publicadas, o resto não conta para esta história - dele, não vou revelar o nome. E não, não é o eterno candidato. Esse, não quero que ganhe.

4 comentários :

  1. Caro André,
    Talvez este seja o ano de Carlos Fuentes!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Embora naquilo que ao Nobel diz respeito tudo seja possível, não acredito nessa hipótese...

    Tenho um pressentimento que este ano será um Norte-Americano...

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Já leu o Aharon Appelfeld? Eis o meu candidato... se quiser ajudar...

    ResponderEliminar
  4. Ainda não li nada de Aharon Appelfeld, mas fui investigar depois de ler o comentário. Portanto não me posso pronunciar. Quem sabe, a Academia tem mistérios que o são mesmo para ela... Um Israelita não era mal pensado...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...