quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Abraço - Poema de Américo Rodrigues

Abraços, Fabriano Rocha
Abraços sobre papel (3) de Fabriano Rocha.


Abraço

abraço um desconhecido
na rua
e o homem granítico
afasta-me
com um palavrão
seguido
de um movimento
ríspido
de repúdio
e ventania
talvez este homem
nunca tenha sido
abraçado
na rua
por um vagabundo
dos afectos
especializado
em abraços rápidos
seguidos de fuga
e literatura de ocasião

Américo Rodrigues
6/9/11
(do blog Café Mondego)

Poema de Américo Rodrigues, publicado no blog Café Mondego. Há lá mais. Façam uma visita.

2 comentários :

  1. Muito bom, André.
    Quantos homens de granito...

    ResponderEliminar
  2. Muitos homens de granito, Paulo Pereira. Obrigado pela visita. Abraço.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...