quarta-feira, 29 de junho de 2011

o fim da Europa, o fim de um sonho





Privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu, privatize-se a água e o ar, privatize-se a justiça e a lei, privatize-se a nuvem que passa, privatize-se o sonho, sobretudo se for diurno e de olhos abertos. E, finalmente, para florão e remate de tanto privatizar, privatizem-se os Estados, entregue-se por uma vez a exploração deles a empresas privadas, mediante concurso internacional. Aí se encontra a salvação do mundo... E, já agora, privatize-se também a puta que os pariu a todos.

José Saramago, in Cadernos de Lanzarote – Diário III




É irónico a Europa, tal como a conhecemos, tal como a sonhámos, comece a desmoronar-se pela Grécia, um dos berços da cultura e civilização europeia. É triste que os Europeus não se levantem, não se ergam, não lutem por um sonho, um projecto, uma forma de vida, de estar, de ser, que levou séculos a construir. Que não haja ilusões: podem vir Planos de Resgate, atrás de Planos de Resgate. Podem ser aprovados Planos de Estabilidade e Crescimento, atrás de Planos de Estabilidade e Crescimento. Enquanto for o poder Económico, um poder não eleito, não democrático, das elites, a mandar, a Europa não ressurgirá das cinzas em que se está a transformar: a crise é principalmente uma crise de valores, uma crise cultural. É a crise de uma Europa que perdeu o rumo, que navega à deriva, que não sabe para onde quer ir. É chegado o momento de parar e pensar; e nesse aspecto, nada melhor que voltar às origens: à Grécia. E Roma, quando voltará a arder?


Posts e notícias recomendadas:  O Princípio do Fim; Os Dias do Fim; O colapso europeu está a caminho; Quem paga a dívida?; A crise vista de Espanha; Greek police clash with austerity protesters; Greece austerity vote and demonstrations; Entretanto, no Berço da Civilização; Athens reduced to smoldering battlefield — in pictures;

2 comentários :

  1. Terrível, a situação; um beco sem saída?

    ResponderEliminar
  2. Gostava de dizer que não; mas não acredito que haja saída... Com as actuais políticas económicas e financeiras, em que a Europa deixou de ter um poder político, encontrando-se domada (é mesmo domada que quero dizer) pelo poder económico, não acredito que haja saída... E toda a Europa caminha - uns mais rápido, outros mais vagarosamente - para esse beco...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...